Prospec??o Tecnol?gica no Setor de Energia El?trica

Ferramentas

Evolu??o da maturidade tecnol?gica

Para avalia??o da maturidade tecnol?gica foi desenvolvida uma ferramenta baseada em uma adapta??o da m?trica TRL ? Technology Readess Level como percepe??o para c?lculos dos est?gios de maturidade. O TRL ? uma m?trica desenvolvida pela NASA - National Aeronautics and Space Administration e adaptado pelo DoE - Department of Energy (US). 

As etapas passam desde do est?gio conceitos te?ricos e fundamenta??es, testes em bancadas, testes em ambientes realistas, at? a prontid?o final. Foram criadas tr?s categorias e foram classificadas em baixo, m?dio e alto est?gio de maturidade tecnol?gica.

 

  • Baixo: tecnologias que apresentam os requisitos dos n?veis de 1 a 3.
  • M?dio: tecnologias que apresentam os requisitos dos n?veis de 4 a 6.
  • Alto: tecnologias que apresentam os requisitos dos n?veis de 7 a 9.

 

Essa ferramenta possibilita a cria??o da curva de evolu??o da maturidade tecnol?gica por meio  do preenchimento de um question?rio objetivo que avalia a expectitativa do n?vel de prontid?o da tecnologia com o passar do tempo. 

 

NOTA: uma grande diferen?a da ferramenta proposta para aplica??o do TRL em sua formalidade, ? que esse m?dulo se baseia em percep??es, sem o levantamento de evid?ncias que ? exigido pelo processo de TRL. Essa diferen?a possibilita especular a proje??o da maturidade tecnol?gica no futuro.

 

Entrar

An?lise de criticidade de um elemento tecnol?gico

Segundo o guia apresentado pelo o Departament of Energy (DoE-US), o conceito de um elemento tecnol?gico cr?tico ? baseado em alguns par?metros como custos, prazos, produ??o, inova??o. Um elemento, ou componente, tecnol?gico ? considerado cr?tico se o sistema depende desse elemento para cumprir com os seus requisitos operacionais ou seja considerado altamente inovador e original. 

Esse m?dulo prop?e avaliar a criticidade por meio de um question?rio simples e objetivo que se utiliza da percep??o de especialista sobre algumas quest?es que abordam os par?metros utilizados pelo DoE.

 

Entrar